Frequência cardíaca – Prescrição de exercícios físicos

Hoje participei do I Simpósio de Fisiologia da Região Sul como palestrante. Explicito que foi como palestrante pois é uma situação bem rara de acontecer: chamarem-me para palestrar sobre algum assunto 😉

fisiologia-Simpósio regiao sul

Provavelmente seja porque, de fato, tenho pouco a contribuir. E fico feliz com isto, pois indica que há mais gente, e melhor que eu, por aí trabalhando bastante. De qualquer sorte, agradeço o prof. dr. Rafael Orcy pelo convite.

Não sou “fisiologista”, nem especialista em fisiologia do exercício, mas confesso que gosto de ler e aprender sobre a temática. Especialmente nos períodos em que estou engajado em algum tipo de treinamento, como agora, no remo.

fabricio.remo.fc.2014.02.08

fabricio.Remo.skiff.2014.09.22

O tema da palestra foi “Frequência cardíaca”. Embora seja um tema meio batido já, sistematicamente vejo pessoas (inclusive eu) reproduzindo alguns conceitos errados e, portanto, sempre é bom voltar à literatura e aperfeiçoar os agires e fazeres. Ultimamente tenho lido e estudado sobre frequência cardíaca e, especificamente, variabilidade da frequência cardíaca (VFC). Esta, por sua vez, é uma medida mais…. precisa e detalhada, que pode expressar a partir de diferentes variáveis como o sistema autonômico pode ser impactado por sessões e por programas de exercícios físicos.

Curiosamente, o penúltimo artigo que nosso grupo publicou, eu e o discente Jonathan Barth, foi sobre os efeitos da RESPIRAÇÃO na VFC na Revista Iberoamericana de Arritmologia (www.ria-online.com), com o título “Efeitos da frequência ventilatória sobre os índices da variabilidade da frequência cardíaca” (acesso gratuito em: http://www.ria-online.com/webapp/journal/show/id/RIA10245/).

O último, que saiu ontem, está relacionado com exercício físico 😉

Com o Prof. Ms. Luan Picanço e com o Acad. Marcelo Vaz, verificamos os impactos de diferentes amplitudes de treinamento intermitente de alta intensidade na VFC. Empregamos exercícios do remo, em barco na água. O artigo acaba de ser publicado na JSCR, uma revista bem legal de ser acessada para quem curte exercícios físicos de modo geral!

A referência é:

Effects of Different Training Amplitudes on Heart Rate and Heart Rate Variability in Young Rowers
Vaz, Marcelo S.; Picanço, Luan M.; Del Vecchio, Fabrício B.
Journal of Strength & Conditioning Research. 28(10):2967-2972, October 2014.

E o artigo pode ser acessado no link: http://journals.lww.com/nsca-jscr/Fulltext/2014/10000/Effects_of_Different_Training_Amplitudes_on_Heart.34.aspx

Por fim, gostaria dizer que foi um grande prazer ter participado do evento de hoje, e espero ter contribuído com a formação de graduandos super interessados na área da fisiologia do exercício. Para quem tiver interesse, a palestra pode ser vista no link abaixo:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s