Parabéns aos alunos que apresentaram seus trabalhos de conclusão de curso (2011) na ESEF/UFPel

Apresentação de TCCs nem sempre é algo simples. Envolve diversos procedimentos (geralmente) feitos desde o começo do ano letivo e, as vezes, até durante o ano anterior! Alguns alunos optam por fazer TCCs com revisões de literatura, monografias com “opiniões” pessoais, trabalhos com dados primários, sejam eles observacionais ou experimentais.

O importante, no meu ponto de vista, é conseguirmos evitar o efeito frustração: dois ou três anos depois, ao se deparar com o próprio trabalho, não ficarmos “tristes”… Falo isto pois, quando revisitei o meu primeiro TCC, fiquei bem triste. O processo não foi legal, o produto foi mais ou menos… mas, mesmo assim, consegui apresentá-lo no Workshop Científico da Copa Rio de Judo e sair premiado com o primeiro lugar. Mas como, se o trabalho estava ruim? A história é simples, entre a apresentação do meu TCC e o Congresso, conheci o Dr. Aguinaldo Gonçalves. Os dados estavam bons, bem coletados, o problema era o resto do bolo! Aí, após redações intermináveis, muitas canetadas, correções e puxões de orelha, consegui um bom resumo de 400 caracteres. Este foi meu TCC para o Bacharelado em EF. Depois disto, na licenciatura a história foi outra.  No período, eu já estava cursando mestrado e, um pouco mais experiente, fiz um TCC que foi, inclusive, aprovado e publicado em uma revista da área.

E a minha tarefa, desde que comecei a dar aula no ensino superior foi esta: Provocar acadêmicos a fazerem os melhores trabalhos de suas vidas (pelo menos até aquele momento). Óbvio que as vezes não consigo, mas tento. Eu os faço responder perguntas severas, como:

1) O que teu trabalho tem de novo para a área

2) No que teu trabalho avança quanto ao conhecimento na Ed Física

 

Este ano de 2011 foi especialmente importante, pois eu orientei 11 TCCs. Não é massageamento de ego, como dizem alguns professores babacas, nem espírito ditatorial, como dizem outros. Eu (apenas) gosto (muito) de trabalhar com alunos de graduação. São especialmente empolgados, dedicados, (as vezes) aventureiros e inconsequentes. E, por não verem muitos perigos, dedicam-se intensamente às propostas e ideias construídas coletivamente.

Abaixo os guerreiros de 2011:

 

Tá, eu sei que a foto tem uma qualidade bem ruim, quando se considera o (melhor) possível!
E por estar ruim, aí vão os nomes:
Da esquerda para a direita,
i) em pé: Leandro Meireles (oclusão vascular, força e hipertrofia), Eduardo Ribeiro (periodização de treino com jovens basquetebolistas), Yuri Salenave (Efeitos do alongamento em Sprints), Luis Mezquita (avaliação de jovens futebolistas uruguaios), Jerônimo Jaspe (Temporalidade de ações motoras no Muay Thai e no Kick-Boxing, Pedro Porchetto (dependência do exercício físico) e eu.
ii) sentad@s: Marina Furtado (tempo de chute no taekwondo), Monica Primeira (desempenho competitivo na Ginástica Ritmica), Bruno Antunez (avaliação de lutadores de TKD de elite), Leonardo Balhego (avaliação de jovens jogadores de futsal em testes intermitentes), Luan Picaçno (avaliação de jovens jogadores de futsal em testes de força e agilidade), Mara Maximila (hábitos e comportamentos em estudantes da zona rural de Pelotas).
Além, do Igor Lacerda, que estudou conteúdos teóricos de Educação Física no ensino médio.
Mas ela foi feita em um momento particular. Na quinta feira prévia à semana de apresentações dos TCCs convidei todos os orientandos para a nossa “Pré-Banca”. Cada um apresentaria seu trabalho para os demais colegas de graduação ou pós-graduação. Até quase-orientando apresentou…

Eu parabenizo a todos e todas pelas suas apresentações exitosas!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s