Do Blog do Cruz ==> Doping é ganância pelo dinheiro, diz Havelange

Do Blog do Cruz ==> Doping é ganância pelo dinheiro, diz Havelange

Sugiro a leitura da entrevista de João Havelange ao portal www.memoriaolimpica.com

Há verdades, por exemplo: “O Ministério do Esporte não tem força nenhuma”.

Outra, oportuníssima, sobre doping:

 “O que aconteceu é que o grande atleta olímpico, hoje, não é amador. Cada um quer se apresentar e chegar e, para poder ganhar mais dinheiro, muitas vezes faz aquilo que a lei não lhe permite. Mais uma vez, é o dinheiro. É a loucura pelo dinheiro. A gente, às vezes, tem choque ao ver aqueles que foram pegos neste problema que é grave… Todo mundo quer aparecer. No final, vai ser propaganda de A, B ou C, ou vai ganhar um contrato.”

Visão capitalista

        Com a visão do futebol capitalista, expandindo-se a custo do dinheiro público, Havelange também apresenta manifestações suspeitas e propícias para o debate.

        Por exemplo:

        “No Brasil, parece que é uma desonra ter  Jogos Olímpicos”.

O que é desonra?

        Desonra, excelência, é um país com um ministério que há oito anos não disse a que veio, a não ser para se tornar repassador de dinheiro, mas sem ter política definida para o setor;

        Um ministério cabide de empregos em detrimento de um quadro técnico, especializado em políticas públicas, prioritariamente;

        Desonra é um país financiador do esporte de alto rendimento, mas que nem diagnóstico do setor consegue realizar há mais de 30 anos para definir as prioridades e metas;

        Desonra é ver a academia afastada do debate olímpico, em todos os seus valiosos seguimentos, como já ocorreu no Pan-Americano;

        Desonra é enfrentar uma Olimpíada sem termos definido política básica de esporte, integrada por municípios, estados, clubes;

        Desonra é receber a Olimpíada de 2016 e não sabermos, até hoje, sobre o destino do dinheiro superfaturado no Pan 2007;

        Desonra é não termos o balanço financeiro do Pan, que consumiu R$ 3,4 bilhões, e ver o governo colocando mais de R$ 50 bilhões em dois megaeventos;

        Isso sim, Senhor Havelange, é desonra, e tanto mais que poderia escrever, num país que desperdiça, principalmente, as oportunidades da atividade física e do esporte como instrumentos de formação de caráter dos jovens.  

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s